Medicina

Medicina

Sobre o Curso

A USS tem mais de 48 anos de tradição no ensino médico. Orientado a partir do que há de mais moderno em modelo de Ensino Médico no Brasil e no mundo, o Curso de Medicina da USS oferece um Projeto pedagógico inovador, que contempla uma enorme diversidade de cenários para a Prática Médica, possibilitando que nossos alunos possam aliar prática e teoria durante todo o curso. O Curso de Medicina da USS forma médicos generalistas, com visão humanista, crítica e reflexiva. Aliando seus 48 anos de tradição no Ensino Médico com a moderna estrutura oferecida por seu hospital universitário próprio, o HUV (Hospital Universitário de Vassouras) e toda a rede de Saúde Municipal de Vassouras, o Curso de Medicina da USS tem foco no aluno como elemento principal do processo de ensino-aprendizagem, garantindo-lhe oportunidade para desenvolver habilidades e incorporar atitudes que os tornem aptos a exercer a Medicina do futuro.

Centrado na busca da formação integral de seus alunos, o curso de Medicina da USS possui um Projeto pedagógico focado no aluno como sujeito da aprendizagem e apoiado no professor como facilitador e mediador do processo ensino-aprendizagem, priorizando fundamentalmente a articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão/assistência.

No curso de Medicina da USS o aluno é inserido em atividades práticas, relevantes para a sua futura vida profissional desde o primeiro período. Isso permite que ele possa interagir com usuários e profissionais de saúde desde o início de sua formação. Isso cria a oportunidade de lidar com problemas reais, de acordo com as suas complexidades e com o grau de autonomia que vai sendo adquirido ao longo do curso.

A inserção dos alunos nos vários cenários de prática médica é integrada a todas as disciplinas do curso, permeando o currículo e permitindo que possam atuar nos diferentes níveis de atenção à saúde, desde a atenção básica até a alta complexidade. Entre os cenários de prática médica utilizados por alunos do curso de Medicina da USS, estão o Hospital Universitário de Vassouras, todas as Unidades Básicas de Saúde do Município de Vassouras, cinco unidades básicas do município vizinho de Engenheiro Paulo de Frontin, Comunidades do Município de Vassouras, Laboratório de Habilidades e Simulação, além dos demais laboratórios didáticos específicos com equipamentos de última geração.

Os diversos cenários de prática médica oferecidos aos alunos do curso de Medicina da USS lhes possibilitam conhecer e vivenciar situações variadas da vida, da organização, da prática e do trabalho em equipe multiprofissional.

"Conheça a Medicina do Futuro"

Duração

  • Duração: 12 períodos (6 anos)

Turno

  • Turno: integral.

Mercado de Trabalho

As atividades práticas ocorrem em todas as disciplinas e períodos do curso em diferentes cenários: Hospital Universitário, unidades básicas de saúde, laboratórios de habilidades e comunidades. Os diversos cenários de prática médica oferecidos aos alunos do curso de Medicina da USS lhes possibilitam conhecer e vivenciar situações variadas da vida, da organização, da prática e do trabalho em equipe multiprofissional, formando assim um profissional preparado para o mercado de trabalho.

Grade do Curso e Horário

- Grade do Curso e Horário

Formas de Financiamento

PRAVALER: O PRAVALER é o maior programa de crédito universitário privado do país. Um financiamento exclusivo para ensino superior, oferecido em parceria com a Instituição de Ensino, que possibilita o pagamento das mensalidades de forma parcelada. SAIBA MAIS EM: creditouniversitario.com.br

FIES: Os estudantes interessados em financiar seus cursos superiores terão a chance de se inscrever, exclusivamente via internet, para o processo seletivo do primeiro semestre do ano. Para se inscrever no financiamento, o estudante precisa ter participado de alguma edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir de 2010, alcançando nota média igual ou maior do que 450 pontos nas provas e superior a zero na redação. Além disso, deve comprovar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos. O quantitativo de vagas liberado pelo FNDE deverá ser acompanhado diretamente no site fiesselecao.mec.gov.br

Central de Estágios

Espaço do estagiário: da Universidade para o Mundo do Trabalho.

Possui uma estrutura administrativa e pedagógica constituída por professores supervisores de estágio para cada área de conhecimento. Tais professores têm como função organizar e supervisionar o estágio dos cursos de graduação, de acordo com as diretrizes curriculares nacionais (DCN), com o projeto pedagógico do curso (PPC) e o regulamento interno (em concordância com o regimento interno e plano de desenvolvimento institucional - PDI). A atribuição de cada componente está definida em regulamento submetido e aprovado em CONSU (Conselho Universitário) e CONSEPE (Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão), no dia 11 de dezembro de 2007.

Matriz Curricular

- Matriz Curricular

Coordenação

Pró-reitor de Ciências Médicas:

Prof. João Carlos de Souza Côrtes Junior

20 anos de experiência de magistério superior

9 anos no exercício da gestão acadêmica

Coordenador:

Prof. Eucir Rabello

26 anos de experiência de magistério superior

9 anos no exercício da gestão acadêmica

Coordenadora:

Profa. Paula Pitta de Resende Cortes

17 anos de experiência de magistério superior

6 anos no exercício da gestão acadêmica

Corpo docente

- Corpo docente

Internato

O Estágio Curricular Supervisionado - Internato, componente curricular obrigatório, é regido por legislação própria do MEC: Resolução n.o 9, de 24/5/1983; Portaria n.o 13, de 02/05/1989 CFE; Resolução n.o 1, de 04/05/1989; Portaria n.o 75, de 03/02/1995 MEC, Resolução CNE/CES No 4 de 07/11/2001 e Parecer CNE/CES 189/2002 de 04/06/2002. As normas do Internato do Curso de Medicina da USS estão descritas no Regulamento do Internato que foi devidamente aprovado pelas Instâncias Colegiadas e é, continuamente, aperfeiçoado.

Constitui-se no momento da formação profissional onde os saberes, habilidades e atitudes adquiridos durante os outros períodos do Curso são aperfeiçoados em 4 semestres de prática supervisionada que culminam com a graduação de egressos com o perfil preconizado pelas DCN - Medicina.

Está alocado do 9º ao 12º período na matriz curricular e estruturado em módulos de acordo com as áreas médicas, perfazendo 3520 h e representando 38,6% da carga horária total do curso (9120 horas). É formado por 4 períodos letivos com duração de 22 semanas cada. Este é subdividido em 2 módulos com 11 semanas cada. Cada módulo possui uma carga horária de 440 horas, sendo a carga horária diária de 8 horas que inclui as atividades práticas em serviço e de atualização científica. É obrigatória a integralização da carga horária total do internato, não sendo permitido o abono de faltas que, quando existem, devem ser repostas de acordo com as regras estabelecidas pela Coordenação do Curso.

Os módulos são realizados em 6 áreas: Saúde coletiva, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Ginecologia/Obstetrícia e Emergência, sendo que no último período, o aluno opta pela repetição de 2 módulos. No módulo de clínica médica são desenvolvidas, uma vez por semana, atividades voltadas à saúde mental. No módulo de emergência as atividades são realizadas em regime de plantão, por meio de 3 plantões semanais diurnos de 12 horas, em escala definida pela Coordenação do Curso.

O Internato é realizado nas Unidades de Estratégia Saúde da Família (UESF) dos municípios de Vassouras e Eng. Paulo de Frontin, através de convênios com as Prefeituras (SMS), no Hospital Universitário de Vassouras - HUV (Hospital próprio), na Unidade conveniada de Pronto Atendimento de Três Rios (UPA), e nos hospitais conveniados: Hospital Federal dos Servidores do Estado (HSE) e Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG).

O 9º período se inicia com os internos participando de uma oficina de problematização de suas angústias e de aferição do seu conhecimento sobre o internato. O objetivo é descortinar as principais angústias dos internos sobre sua atuação e sensibilizá-los para a relevância de seu protagonismo no processo ensino-aprendizagem, além de ser o momento onde se abordam questões normativas e regimentais, dirimindo dúvidas sobre a operacionalização do internato nos aspectos educacionais/pedagógicos e naqueles inerentes ao processo de trabalho na Rede de Atenção à Saúde (RAS). Neste período, o interno realiza obrigatoriamente um módulo de Saúde Coletiva nas UESF de Vassouras e Eng. Paulo de Frontin e um módulo no HUV. Nestas, o interno vivencia a rotina da equipe de saúde, estabelece vínculos com a comunidade e toma ciência das suas necessidades, pois é fundamental que esteja apto a analisar a situação epidemiológica da população adscrita e que se empenhe para revertê-la.

No 10º e 11º períodos, o interno realiza os demais módulos conforme determinação da Coordenação do Curso. Em cada módulo, fazem rodízio nos diferentes cenários de cada serviço. Além do HUV, o interno do 10º, 11º e 12º períodos pode realizar seus módulos nas unidades conveniadas (HSE, HFAG e na UPA), sob a supervisão direta de preceptores do Curso. Nestas, além dos preceptores e dos supervisores dos módulos, foram montadas estruturas administrativas do curso sob a gerência de um coordenador local.

No 12º período, o interno pode escolher dois módulos de sua preferência, que será dentre os seis já cursados. Neste período, excepcionalmente, o interno pode pleitear a realização de um ou ambos os módulos em hospitais conveniados em outra unidade federativa, conforme as DCN - Medicina.

Desta forma, o Curso viabiliza que o interno realize o internato em todos os níveis de complexidade da RAS, desenvolvendo habilidades e competências necessárias para a "práxis médica", independente do nível de atenção à saúde.

Avaliação MEC

Portaria DIREG/MEC nº 175 de 20/03/14, D.O.U. 21/03/2014.

Indicadores de Qualidade da Educação Superior

Cursos Cidade CONCEITO DO CURSO (CC)
Medicina Vassouras 4
Mensalidade
  • Parcela Mensal de R$ 6.990,00 / Ingressantes em 2014.2 a 2017.2.
  • Vencimento até o dia 03*.

Ligas Acadêmicas

São entidades fundadas e administradas pelos discentes com a orientação de docentes. Apresentam enfoque no desenvolvimento científico, procedimental e atitudinal, constituindo-se em excelente atividade pedagógica extracurricular para o aprimoramento dos discentes, contemplando os aspectos de ensino-pesquisa e extensão. Contribuem para o desenvolvimento cognitivo e interdisciplinar dos discentes e para a aproximação entre os futuros profissionais e a sociedade. Funcionam como meio de transformação social e permitem ao aluno tomar contato com as diversas áreas do saber.

  • Liga de Algesiologia e Anestesiologia
  • Liga de Anatomia Humana
  • Liga de Cardiologia - Unidade Dor Torácica
  • Liga de Cirurgia Cardíaca e Hemodinâmica
  • Liga de Cirurgia Geral e Trauma
  • Liga de Cirurgia Plástica e Estética
  • Liga de Clínica Médica
  • Liga de Dermatologia
  • Liga de Diagnóstico por Imagem
  • Liga de Endocrinologia
  • Liga de Gastroenterologia e Hepatologia
  • Liga de Geriatria e Gerontologia
  • Liga de Ginecologia e Obstetrícia
  • Liga de Hematologia
  • Liga de Infectologia
  • Liga de Medicina de Família e Comunidade
  • Liga de Medicina Intensiva
  • Liga de Nefrologia
  • Liga de Neurologia e Neurocirurgia
  • Liga de Oftalmologia
  • Liga de Oncologia
  • Liga de Ortopedia e Traumatologia
  • Liga de Otorrinolaringologia
  • Liga de Pediatria
  • Liga de Pneumologia
  • Liga de Psiquiatria e Saúde Mental
  • Liga de Reumatologia
  • Liga de Saúde Mental
  • Liga de Técnica Cirúrgica
  • Liga de Transplantes de Órgãos e Tecidos
  • Liga de Iniciação Científica

Hospital Universitário de Vassouras (HUV)

O Curso de Medicina da USS conta com Hospital de Ensino próprio, o Hospital Universitário de Vassouras (HUV), anteriormente denominado Hospital Universitário Sul-Fluminense, que é mantido pela Fundação Educacional Severino Sombra (FUSVE), de natureza filantrópica, CNPJ nº 32410037/0001-84. Está situado à Rua Vicente Celestino nº 201, Bairro Madruga, Vassouras-RJ, CEP 27.700-000, Telefax (024) 2471-2315, CNPJ nº 32410037/0001-84.

O Complexo Hospitalar é composto por 8 prédios/blocos, que totalizam 13.500,23 m2 de área construída, estando localizado em uma área de terreno de 21.985,00 m2. Dispõe de Centro de Estudos com anfiteatro e capacidade para 60 lugares, Laboratório de Técnica Cirúrgica e Cirurgia Experimental, Pavilhão Silva Melo (com 10 salas de 48 lugares e 1 sala de multimídia com 105 lugares), Prédio Walter Capanema de Miranda (com 7 salas de aulas de 100 lugares), Laboratório de Habilidades Multidisciplinar , Ambulatório Docente, Cantina, Alojamento dos Médicos/Residentes, Laboratório de Anatomia Patológica (com 1 anfiteatro para necrópsia com 35 lugares e 1 sala de aula com 40 lugares), Centro de Fisioterapia, Laboratório de Análises Clínicas, Setor de Diagnóstico por Imagem, Farmácia Hospitalar, Hemocentro Regional, Recepção, Administração, Centro de Oncologia Clínica e Bloco Hospitalar.

Como unidade de complexidade intermediária, o Hemocentro Regional do HUV, localizado no complexo hospitalar, é responsável pelo planejamento, execução, controle e avaliação das ações de hemoterapia e hematologia na esfera regional, diretamente subordinado ao Hemorio (Estado do Rio de Janeiro).

Conquistou o Título de Hospital Amigo da Criança em 30 de Agosto de 2007, conforme Portaria da SAS/MS nº 489, que tem como meta promover, proteger e apoiar o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida e com complemento até dois anos ou mais, através da adoção dos dez passos para o sucesso. Mantendo as revalidações do Título até os dias de hoje.

Desde o 2º semestre de 2012, vem aprimorando e ampliando sua estrutura física com novos projetos junto à Secretaria Municipal Saúde de Vassouras, Secretaria de Estado de Saúde – SESDEC/RJ e Ministério da Saúde, com planejamento e programação de efetividade dos novos projetos. Destaca-se a implantação da Rede Cegonha, de acordo com a Deliberação CIB nº 1523, de 13 de Dezembro de 2011, que consiste numa rede de cuidados que visa assegurar à mulher o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto, ao puerpério e ao abortamento, bem como à criança, o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e ao desenvolvimento saudáveis.

Caracterizado como Hospital Geral e Hospital Universitário de Ensino, o HUV é referência para o Município de Vassouras, Região Centro-Sul Fluminense, Região do Médio Paraíba e também para a Baixada Fluminense, com população própria e referenciada estimada em 500.000 habitantes. É habilitado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Terapia Intensiva Adulto e Neonatal tipo II, Hemodiálise, Oncologia Clínica/Cirúrgica, Cirurgia Cardíaca, Hemodinâmica, Eletrofisiologia, Neurologia/Neurocirurgia e Traumato-ortopedia, além de uma ampla gama de procedimentos ambulatoriais e hospitalares de média e alta complexidade, nas diversas especialidades.

É, também, referência em Urgência e Emergência para toda a Região Centro-Sul Fluminense, conforme credenciamento aprovado pela Deliberação CIB-RJ nº 037, de 04 de Outubro de 2007. Atualmente é a principal porta de entrada hospitalar da RUE (Rede de Urgência e Emergência) da Região Centro Sul Fluminense, Portaria no. 1609, de 30/09/2015.

Dentro da proposta organizacional da saúde para o município e regiões vizinhas, a Instituição garante o acesso aos serviços pactuados de forma regular, contínua e contratualizada.

Oferece procedimentos ambulatoriais e hospitalares de média e alta complexidade, nas especialidades: clinica médica, cirurgia geral, pediatria, ginecologia, obstetrícia, mastologia, anestesiologia, cardiologia clinica e cirúrgica, pneumologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, dermatologia, endocrinologia, neurologia, neurocirurgia, gastroenterologia, psiquiatria, nefrologia, hematologia, hemoterapia, ortopedia e traumatologia, reumatologia, urologia oncologia clinica e cirúrgica, cirurgia pediátrica, cirurgia vascular periférica, cirurgia buco maxilo, cirurgia plástica, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e dietética, odontologia e psicologia entre outros.

Oferece também procedimentos e exames especializados nos serviços de Diagnóstico por Imagem (Rx, Tomografia Computadorizada, Ultrassonografia), Laboratório de Análises Clínicas, Colonoscopia, Colposcopia, Ecodopplercardiograma, Eletrocardiografia, Eletrofisiologia, Endoscopia Digestiva Alta e Baixa; Doppler Venoso e Arterial, Histeroscopia, Laparoscopia, Urodinâmica, Videolaparoscopia entre outros.

Possui unidade de internação nas áreas de clinica médica, pediatria, cirurgia geral, ginecologia, obstetrícia, cardiologia, nefrologia, oncologia clinica e cirúrgica, psiquiatria, UTI neonatal e adulto.

Apresenta atualmente 203 leitos, sendo um hospital 100% SUS.

O HUV é referência para atenção em Urgência e Emergência para toda a Região Centro-Sul Fluminense. As principais atividades e etapas do processo de trabalho sob a responsabilidade do HUV em relação à Urgência e Emergência são:

  • Acolhimento do paciente em ambiente adequado com classificação de risco;
  • Acolhimento e suporte para familiares/acompanhante;
  • Desenvolvimento de abordagem interdisciplinar;
  • Horizontalidade do cuidado médico e de enfermagem;
  • Assistência Psicossocial;
  • Oferta de terapias de apoio (Fonoaudiologia e Fisioterapia);
  • Adoção de linhas de cuidados multidisciplinares pactuados com o gestor municipal;
  • Projeto UDT (Unidade de Dor Torácica) associado a centro de referência 24 horas, conforme pactuação com Gestor Municipal;
  • Fornecimento de material médico - hospitalar e medicamento;
  • Garantia de estrutura de apoio diagnóstico terapêutico;
  • Manter salas de atendimentos separados, conforme classificação de risco;
  • Manutenção e atualização do registro do paciente;
  • Alta e transferência com referência estabelecida e registrada aos serviços de saúde da rede municipal e/ou regional.

O HUV, como importante cenário de ensino do curso de Medicina, recebe os discentes do curso nos seus diversos setores desde o primeiro período. No internato, o discente atua nas áreas de clínica médica, pediatria, ginecologia-obstetrícia, cirurgia geral e emergência, inserido em uma equipe multidisciplinar de saúde, atuando e aprendendo a valorizar a diversidade dos saberes.

A equipe de preceptores do HUV é composta por docentes do curso de Medicina, preceptores médicos não docentes e também por docentes dos Cursos de Enfermagem e Psicologia.

O NAPE (Núcleo de Apoio a Pesquisa - HUV), vinculado à Pro Reitoria de Pesquisa da USS apoia o desenvolvimento de pesquisas na área de saúde e também os TCC de graduação e programas de Residência.

O HUV possui uma Direção de Ensino e o Centro de Estudos que servem de apoio para o desenvolvimento das atividades de Ensino, Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão.

Em sua estrutura, apresenta as seguintes Comissões: Residência Médica (COREME), Internato (COMIN), Ética Médica (CEM), Padronização de Medicamentos (CPM), Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Revisão de Óbitos (CRO), Revisão de Prontuários (CRP), Revisão de Documentação Médica e Estatística (CRDME), Farmácia e Terapêutica (CFT), Suporte Nutricional (COSN), Serviço de Apropriação de Custos (COSAC), Interna de Humanização (CIHu), Hospitalar de Transplantes (HUV – Transplantes) e Aleitamento Materno, Elaboração de Relatório Social do Hospital Universitário, Estudo de Mortalidade Materna. Possui o núcleo de vigilância epidemiológica, hemovigilância, farmacovigilância, vigilância em saúde, vigilância em saúde do trabalhador e padronização de medicamentos.

O HUV participa na elaboração e operacionalização de protocolos técnicos e operacionais da SMS, priorizando os relacionados à área de urgência e emergência. Como Pólo de Educação Permanente, participa dos processos de formação, aprimoramento e desenvolvimento de recursos humanos, qualificando a assistência e o cuidado em saúde da região.

O HUV participa ativamente do Plano de Ação Regional das Urgências e Emergências da Região Centro-Sul Fluminense, conforme a Deliberação Comissão Intergestores Regional Centro Sul CIR CS nº25/2012 e da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/RJ), conforme 11ª reunião realizada no último dia 08 de Novembro de 2012. O Componente Hospitalar da Rede de Atenção às Urgências no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) disponibilizará 38 (trinta e oito) leitos para retaguarda clínica (agudos), sendo dezenove novos e dezenove já existentes, ofertar a ampliação de vinte e dois novos leitos de Terapia Intensiva Geral Adulto e propor a qualificação de seis leitos de nossa Unidade de Terapia Intensiva já existente, conforme o artigo 22 da Portaria GM/MS 2.395/2011.

A organização dar-se-á por meio da ampliação e qualificação das Portas de Entrada Hospitalares de Urgência, das enfermarias clínicas de retaguarda, das enfermarias de retaguarda de longa permanência e dos leitos de Terapia Intensiva, e pela reorganização das linhas de cuidados prioritárias de traumatologia, cardiovascular e cerebrovascular, sendo que o Componente Hospitalar da Rede de Atenção às Urgências será estruturado de forma articulada e integrada a todos os outros componentes dessa Rede, a partir do Plano de Ação Regional, conforme Portaria nº 1.600/GM/MS, de 7 de Julho de 2011. A Portaria estabelece que as Portas de Entrada Hospitalares de Urgência devem estar instaladas em unidades hospitalares estratégicas para a rede de atenção às urgências. Sendo o Hospital Universitário habilitado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade Cardiovascular, pela Portaria SAS nº 237, de 2008, o mesmo adota prioridades as linhas de cuidado Cardiovascular tão preconizada pela Rede de Atenção às Urgências.

O Hospital Universitário de Vassouras é habilitado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade Cardiovascular - por meio da Portaria SAS nº 237 de 2008 - e adota prioridades da Linha de Cuidado do Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) como prioritária e componente de atenção na Rede de Atenção às Urgências, aprimorando os mecanismos de regulação, controle e avaliação da assistência aos portadores de doença cardiovascular e do Protocolo Clínico sobre Síndromes Coronarianas Agudas (SCA). Encontra-se em processo de ampliação e habilitação de Unidade de Terapia Intensiva Coronariana (UCO), com 10 leitos.

Apresentar condições de cuidado aos pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC) e atende às diretrizes nacionais para fornecer apoio diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos indivíduos com esta doença, incluindo recursos humanos qualificados, métodos diagnósticos não invasivos e invasivos e oportunidade de tratamento percutâneo e cirúrgico em caráter de urgência.

O Hospital Universitário é ainda habilitado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Neurocirurgia, conforme Deliberação da CIB-RJ nº 379, de 04 de Outubro de 2007, estabelecendo como prioridades as linhas de cuidado em AVC preconizadas pela Rede de Atenção às Urgências (RUE), estando contratualizado com o Município e apto a aderir à RUE, com ampliação de 10 novos leitos em Terapia Intensiva para tratamento do Acidente Vascular Encefálico (AVE) e mais 10 leitos clínicos de cuidado integral ao AVE.

Assim, o HUV encontra-se contratualizado com o Município e apto a aderir à RUE por possuir capacidade técnica e certidões negativas indispensáveis à contratualização da entidade filantrópica.

A Estratégia Nacional para a Ofile:///home/desenv/arquivoscompartilhados/ficha-catalografica/Matriz_Curricular_confecção_de_Banner_2017.1.pdfncologia no SUS visa a Ampliação e Fortalecimento da Rede de Atenção à Saúde para o controle do câncer. Por atender os padrões preconizados pelo Ministério da Saúde, e possuir os serviços Quimioterapia, Hormonioterapia e Cirurgia Oncológico, o HUV foi contemplado com o equipamento de acelerador linear e a criação do serviço de radioterapia (2014), com objetivos de ampliar e qualificar o acesso ao tratamento especializado do câncer, integralizar o tratamento em um mesmo hospital, otimizar a utilização dos recursos humanos disponíveis.

Com a continuidade da incorporação e atualização tecnológica em todos os seus serviços, adequação de ambiência nos setores de apoio (lavanderia, rouparia, nutrição e dietética), ampliação do bloco cirúrgico (novas salas de cirurgias) e das enfermarias de cardiologia e clínica cirúrgica, adequação e ampliação da Central de Material Esterilizado garante-se uma assisstência em saúde de qualidade dentro dos padrões exigidos pelas entidades normatizadoras e fiscalizadoras.

Novos desafios se encontram em andamento, são estes:

  • certificação como hospital de ensino tipo II
  • implantação das RAS
  • implantação da radioterapia
  • habilitação neurocirurgia
  • habilitação endovascular
  • habilitação centro cardiovascular
  • habilitação centro de trauma
  • habilitação centro oftalmológico
  • reabilitação - serviço de captação de órgãos para transplantes

Residência Médica e Residência Multiprofissinal em Saúde

O Hospital Universitário de Vassouras tem um importante papel como formador de médicos especialistas por meio do credenciamento dos Programas de Residência Médica autorizados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), dispondo de vagas anuais nas áreas de Clínica Médica (2 vagas), Cirurgia Geral (2 vagas), Pediatria (2 vagas), Ginecologia Obstetrícia (2 vagas), Anestesiologia (1 vaga), Medicina Intensiva (2 vagas) e Medicina de Família e Comunidade (16 vagas).

Em 2016 há 21 residentes que cumprem os Programas nos diversos setores de prática do Hospital Universitário, acompanhados por Médicos Preceptores, bem como nas Unidades de Estratégias de Saúde da Família e Policlínica do Município de Vassouras. As bolsas de residência médica são custeadas pelo Programa Pró- Residência – Ministério da Saúde. Novas perspectivas surgem para solicitação de credenciamento de novos programas para o ano de 2017, nas especialidades de Cardiologia, Nefrologia e Neonatologia, assim como também ampliação de vagas dos programas já existentes.

O Hospital Universitário serve também de campo de prática para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde, que tem como público alvo portadores de diploma de nível superior em Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia, na área de Atenção Clínica Especializada Cardiologia e Nefrologia, que teve início em 1º. de Março de 2016, conforme aprovação do Ministério da Educação e aprovação de bolsas também pelo Pró Residência - Ministério da Saúde.

Ainda dentro dos Programas de Especializações, o Hospital Universitário é Centro Formador da Associação de Medicina Intensiva (AMIB), no Programa de Especialização em Medicina Intensiva disponibilizando 2 vagas anuais para o programa de Especialização, com duração de 3 anos.