Mestrado Profissional em Medicina Veterinária é o primeiro do Sudeste aprovado pela Capes

03/11/2016

Foi com enorme satisfação e orgulho que a USS recebeu no mês de outubro a notícia da aprovação do Mestrado Profissional na área de Medicina Veterinária pela CAPES/MEC. Além da importância acadêmica desse curso de excelência, a USS é umas das poucas universidades do Brasil a conseguir aprovação, e com isso passa ser uma referência nacional para a pós-graduação em Medicina Veterinária, visto que o CAPES recomenda em todo Brasil somente sete cursos desta modalidade.

O Mestrado Profissional tem como objetivo a qualificação profissional, a produção técnico-científica, a pesquisa aplicada e a proposição de inovações para a solução de problemas específicos em medicina veterinária em âmbito nacional, regional e local, bem como a formação para o exercício da docência e da pesquisa. O Programa visa formar mestres à luz dos recentes avanços na área de Diagnóstico Clínico e Laboratorial em Medicina Veterinária, desenvolvendo produtos para a criação e utilização de novas técnicas e abordagens nessa área. ​

A aprovação desse programa pela CAPES/MEC, ocorreu, principalmente, por entender a importância da região, que abriga uma das mais importantes bacias leiteiras do país, caracterizada por inúmeros problemas e desafios da área, bem como o perfil e vocação relacionados à Medicina Equina e à necessidade de formação de recursos humanos no tema, já que se trata de uma das localidades que mais possuem criadores de cavalo do país, movimentando milhões em reais com atividades e exposições agropecuárias, empregos diretos e indiretos, bem como comercialização.

 A proposta trabalhada foi baseada na formação de mestres profissionais em uma subárea, a de Diagnostico Clínico e Laboratorial, que representa um grande impasse da Medicina Veterinária. O parecer favorável à abertura do programa de Mestrado Profissional levou quatro meses para ser julgado e aprovado pela CAPES/MEC. ​

Nessa subárea as linhas de pesquisa abordadas serão: Investigação em medicina esportiva e desempenho atlético do equino; Microbiologia aplicada à saúde pública e sanidade animal; Métodos diagnósticos e terapêuticos para aumento de eficiência reprodutiva em animais domésticos; e Técnicas avançadas de diagnóstico em animais domésticos. Outro fator relevante da proposta foi contar com o auxílio de outras instituições renomadas do Ensino Superior, a citar: UFRRJ, UFF e UFMG, reforçando o projeto por possuir excelentes cooperações às quais já se encontram em andamento.

Os egressos do curso de Medicina Veterinária são os maiores beneficiados com essa conquista, uma vez que será o curso de mestrado pioneiro no Sudeste. São eles o público alvo do curso ora implementado, visto que além da USS existem outros 11 cursos de Medicina Veterinária no Rio de Janeiro e 22 em Minas Gerais.

A atual realidade econômica regional ampliou a necessidade de capacitação para atuarem no mercado. Quando foi  implantado o curso de graduação em Medicina Veterinária na USS, o objetivo foi suprir a carência de profissionais ligados à área produtiva, sanitária e de saúde, com a formação de médicos veterinários habilitados a prestarem serviços técnicos de orientação e solução de problemas.​ Situado na Região Centro-Sul Fluminense, o curso de graduação recebe alunos provenientes das cidades vizinhas, entre elas: Mendes, Paulo de Frontin, Sapucaia, Paracambi, Paty do Alferes, Miguel Pereira, Paraíba do Sul, Três Rios, Levy Gasparian, Barra do Piraí, bem como de todo o sudeste e de outros estados do país, sendo farta fonte de egressos para o Mestrado Profissional proposto.

Confira o Edital para ingressantes no Mestrado Profissional aqui.

 

Marketing e Comunicação